segunda-feira, 17 de agosto de 2015

Decifrando o Canadá - Comida boa faz a gente engordar

       Essa é a parte que a minha mãe pira e fica nervosa vendo o tanto de calorias que eu estou consumindo. Mas vou dizer uma coisa: EU TO TÃO FELIZ.
        Aqui no Canadá é bem parecido com os filmes da Sessão da Tarde, pessoal leva para o almoço um sanduíche de pasta de amendoim ou come uma saladinha, ou eu não sei. Sério, não sei como esse povo aguenta comer só uma salada no almoço. É por isso que o jantar aqui é 17:30 ou 18:00.
       E aí? Na hora do almoço não temos muitas opções, quero dizer, até temos, mas a maioria é tudo fast food. Os restaurantes são mais caros, mas também são aqueles restaurantes que tem pratos chiques, e no fim, você sai de lá com mais fome de quando entrou.
       POR ISSO, para brasileiros e os hermanos (incluindo aqui os Mexicanos e Espanhóis da escola, pois eles são que nem a gente na hora de comer, dá uma saudade do arroz com carne e batata) a hora do almoço é o momento para 'caçar' algo que sustenta a gente até o horário de chegar em casa.
       Selecionei alguma fotos bonitas dos lanches que meu marido e eu caçamos pela cidade. Na lista que eu fiz sobre "Comidas para experimentar em Vancouver" ainda falta muita coisa, acho que vou voltar girando para o Brasil.



       New York Fries: Olha esse copo cheio de batata, muito saudável. (Meu marido de modelo)
O cachorro quente daqui é assim mesmo, não tem purê de batata, nem ovo de codorna, nem molho de carne. Mas o pão é muito bom, sem falar na salsicha. Não é como a nossa, ela é mágica, vem do paraíso das salsichas que ficam boas com qualquer coisa. (Eu adicionei ketchup e mostarda na hora de comer.)




       A & W: O que falar desse fast food que conheci 2 semanas atrás e já considero pacas? É um preço camarada, o lanche é uma delícia, tem gente simpática que entende seu inglês torto. Tem um restaurante A & W em todos os lugares que você for em Vancouver, é lindo, é amistoso, é gostoso.




       Red Robin: O lugar é tão bom que voltamos lá para tirar mais foto :x (aham sim, claro)
O lugar é agradável, as pessoas que trabalham lá são gentis, a comida é boa e muito bem feita. A batata frita chega pegando fogo de tão quente. Sem falar naquela torre de anéis de cebola, eu me queimei porque estava quente. Sim, sou dessas desesperadas que sempre causa confusão.






       Pizza Hut: Eu tinha que experimentar uma pizza da Pizza Hut. Precisava saber se tem o mesmo gosto que as do Brasil. Essa da foto pelo menos tem. Lugarzinho muito legal para sentar e comer, estava vazio no horário que fomos, melhor assim, ninguém fica olhando para a louca falando em outra língua e tirando foto de tudo hehehe.



       Uvas??? Como assim?
Uvas sem caroço *-* achamos no supermercados e ficamos saltitando de alegria (se meu marido ler isso vai mandar eu apagar), enfim... quando saímos para longas jornadas, levamos água e uva. Senão a gente morre no meio do caminho desidratados e famintos. E ninguém aguenta andar depois de comer um hamburgão haha.

Eu encontrei no meu celular muita foto de comida que daria para publicar um livro de ... fotos de comida '-'. Vou falar de comida mais vezes, pois é a parte mais divertida da viagem, porque sim. Da próxima vou falar sobre as sobremesas. Yey!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sabe porque a galinha atravessou a rua?
Para ler seu comentário na lan house (Tum dum tsss)